23/02/2013

Limões, N S de Fátima, Polegar, Bob Marley e outros.

  
O que você vê, parece mesmo com Nossa Senhora de Fátima? Católicos da cidade de Limoeiro, no agreste de Pernambuco, juram de pés juntos tratar-se da imagem da santa, revelada milagrosamente através de uma gota de sangue caída de um paciente de 88 anos, durante exames médicos no hospital da cidade. Rapidamente ela se espalhou pelo lençol chamando a atenção de início dos enfermeiros e posteriormente da própria direção do hospital. 
A notícia percorreu as redondezas levando devotos e curiosos para a porta do hospital na tentativa de verem com os próprios olhos e certificarem-se tratar-se de mais um milagre, a ponto da direção da entidade recolher o lençol manchado para um local mais seguro aguardando apreciação da igreja. 
A Diocese de Nazaré da Mata, que responde pelas paróquias da região, inclusive as de Limoeiro, informou estar a par do caso e o padre responsável pela Igreja Matriz de Nossa Senhora da Apresentação em Limoeiro, José Nivaldo, confirma ter visto a imagem, mas, cético ainda, aguarda para ver se ela desaparece ou não.
Olhei a imagem com atenção e bem que me pareceu com alguém conhecido, lembra muito o rosto de uma pessoa. 
O cérebro da gente, recheado de informações e pré disposto a concatenar com nossos anseios, associa de imediato o desenho formado pelo sangue absorvido pelo lençol com o rosto de alguém. Mas ao mesmo tempo, à luz da imaginação,  ele associa com outras figuras, até o com a marca de um polegar sujo, por exemplo. Com esforço é possível associá-lo a qualquer coisa. Lembrei até de Bob Marley, chapado, contemplando a natureza sob um sol caribenho. 
Percebo melhor porque tem gente ganhando muito dinheiro controlando o que a gente pensa. O sistema é bruto, é uma espécie de condutor mal encarado que define o que é bom e o que é ruim. 
Viva Nossa Senhora de Fátima, que pelo que consta, não é e nunca foi maconheira.
Fonte: Site NE10 do Grupo Jornal do Comércio de Recife. Publicado em 20/02/13 
Postar um comentário