15/08/2012

…filho da p*!

Não sei quem é o autor da tira, gostaria de creditá-lo, mas realmente não o identifiquei. Encontrei a piada ao acaso navegando pela net sentado ao lado da paciente que se recupera da cirurgia.  O rosto do personagem diz tudo - da fé, da esperança ao sentido de frustração, concluindo com a raiva, normal dos seres vivos.
Acho que somos assim mesmo. Todos nós.


Vale sempre tentar outra vez, de outra forma inédita.
Postar um comentário