01/12/2012

Vestida de Santa


Vou torcer muito pelo seu fracasso, porque você não merece ser feliz. Espero que seus planos não deem certo. E não vão dar mesmo, coisa do mal tem final mal. 
Você é desprezível, interesseira e mesquinha. Só pensa em si própria, só enxerga a si mesma. Faz de tudo para se passar de despercebida, de calma, de ordinária. 
Chega devagar, como não querendo nada e se apropria da atenção do incauto. Espírito imundo, demoníaca. Filha do satanás, da besta ou a própria vestida de santa. 
Chegou me enganando, se aproveitando da boa fé. Me jogando pra debaixo da lata do lixo. Me deixando de cabelos ainda mais brancos. 
Vagabunda, é assim que te vejo. Uma vagabunda imunda de grande bunda imunda. 
Em toda minha vida nunca soube de nada mais peçonhenta como você. 
Te odeio mais do que possa imaginar. Suma, desapareça, se afaste de mim. 
Maldita vontade de fumar.


Postar um comentário