16/09/2012

Menos um!

Mais uma cobertura na TV, mais um evento. Ou como diria um amigo - menos um.


A caminho de mais um evento ou de menos um. Só sei que o trabalho é intenso e quando a gente vê que o idealizado está se concretizando, dá um pouquinho de orgulho. O velho frio na barriga que nos acompanha nesses períodos se apresenta afoitamente, dizendo - Olá, como vai? Olha eu aqui outra vez. 
Se pudesse contar as vezes em que estive envolvido com essas coisas, perderia a soma. Está no sangue e quando o sangue é quem manda a gente não comanda, a gente faz. Faz e se diverte fazendo.


E vale a pena. E como vale a pena. Sempre vale a pena. Meses de planejamento, nas mais diversas áreas e quando elas se encontram no dia marcado, o conjunto bem combinado traz a sensação de segurança.


É cedo para cantar ainda, faltam dois dias, mas contemplo aqui a alegria de estar presente e atolado até o pescoço com o compromisso de fazer o melhor, acompanhado de mais de duzentas pessoas com o mesmo propósito. Todas com olhinhos brilhando, determinadas, doando-se um pouquinho mais.


No palco vazio depois de um dia duro de testes me peguei olhando para o nada, pensando por segundos que mais pareceram horas, dias ou meses e as lembranças vieram aos montes. Fiquei sozinho por uns instantes. O peso veio às costas e tudo veio à tona. Todos os intensos momentos vividos em tarefas semelhantes, sem sequência alguma de tempo, passaram pela cabeça. Senti saudades, senti confiança, senti um punhado de alegria. Lá no fundo agradeci a oportunidade de estar participando outra vez. E como disse, ainda é cedo. Mas dá pra sentir que tudo vai dar certo.

Depois de segunda, 17 de setembro, volto aqui para comemorar pra dai sim dizer em definitivo: menos um!


Até lá, então.
Postar um comentário