11/08/2013

Pai é para sempre.

Pai é para sempre. Para comemorar um dia especial resolveram que teríamos um dia dedicado aos pais. Evidente que interesses outros estavam por de trás disso, mas que é legal dia dos pais, é sim e fim de papo.

Sou pai também e somente depois de ter sido é que me dei conta do quanto é complicado ser um de verdade e o quanto de peso um cidadão dessa categoria carrega pelas costas ao longo da vida. Não é fácil, quem é sabe bem do que estou falando. 

A gente não goza do mesmo prestígio das mães, as queridinhas. Somos homens e homem não chora, pois assim nos ensinaram. Tratamos as coisas com o coração dolorido, mas com cara sempre de macho.
Fala-se muito da mãe, do quanto ela é especial, da importância que ela tem em nossa vida. Inquestionável isso. Claro, mãe é mãe, coisa de carne e de sangue. Mas ser pai também é muito interessante. Sempre achei que ser pai é coisa mais ligada ao espírito ao invisível. 
Não sei se estou exagerando, me perdoem as mães, caso assim elas compreenderem.

Criei, palavrinha esquisita essa, meus quatro filhos dando o maior duro e procurei, muito mais do que palavras somente, dar exemplos. Na verdade usando elas em meio às ações práticas, os famosos exemplos. Nem sempre acertei. Mas essa sempre foi minha maior preocupação.

Em cada gesto meu, em cada ação minha, em cada decisão importante que tomei nesses últimos 35 anos, dos meus quase sessenta, eles tiveram uma ponta do meu foco. Consciente ou inconsciente fiz tudo em função deles e não me arrependo. Me arrependo somente daquilo que deixei de fazer por bobeira.

Não posso mais apertar as mãos do meu pai e nem sentir o seu abraço. Ele não está mais fisicamente perto de mim. Mas sinto sua presença constante. Nos momentos de aflição me lembro dele e pergunto como ele reagiria naquela tal circunstância. Encontro sempre uma saída. No mínimo a boa e velha paciência com o tempo, coisa bem dele.

Minha admiração ele conquistou até o infinito, ao ponto de não importar tanto se ele está fisicamente por aqui, por ali ou em qualquer outro lugar. Para mim ele estará em todos os lugares onde eu estiver, portanto, dentro de mim.
Abraços, meu camarada. Sou seu filho para sempre e você será meu pai para sempre.

Postar um comentário