12/01/2013

Troianos num Estado Democrático

Hoje o Brasil tem trinta partidos políticos oficializados no Tribunal Superior Eleitoral - TSE e mais onze em processo de legalização. Os filiados as agremiações somam aproximadamente 13 milhões de pessoas, cerca de 6% da população do país.
Pessoalmente, por mais que me esforce, não consigo distingui-los ideologicamente. Nem partidos e nem quem os compõe, me parecem muito iguais, embora se apresentem como distintos. É provável que haja alguma distinção individual, acho até possível, considerando um exercício de enorme boa fé, mas juntos, não dá. O sistema impõe comportamentos e ai daquele que não se enquadrar. Eu só pago a conta e não vejo nada do que comprei. Eu e quase todos os brasileiros. E não há Procon que conserte, o legislador não permite.
Certa vez, tive oportunidade de ver ancorado num porto militar de San Diego, costa oeste dos Estados Unidos, uma quantidade de navios de guerra que não pude somar, tamanho o número de embarcações. Navios acinzentadas, numerados e de todos os tamanhos. Construções esplendorosas e desafiadoras do ponto de vista de engenharia. Naves aparelhadas com canhões e metralhadoras de todos os milímetros possíveis e imagináveis. Bem próximo a esse porto um aeroporto, também militar, de onde pousavam e decolavam a todo instante outra quantidade significativa de aviões, todos magníficos na construção e agilidade.
Fiquei perplexo e por horas me mantive ali observando bem quieto, naquele braço oposto do que poderia se dizer um golfo, tomando visão panorâmica privilegiada do espetáculo de ostentação imperiosa. Sozinho, longe dos demais visitantes, escondendo algumas lágrimas que insistiam em escapar dos olhos. A alma não se inquietava dentro do corpo, queria sair dele a qualquer custo. Tive que me esforçar para mante-la presa e confortá-la.
Tentei calcular a quantidade de bilhões ou de trilhões de dinheiros investidos naquele armamento e questionava a finalidade daquilo tudo. Somada a ironia do nome do oceano que banhava aquela costa - Pacífico. 
Os hábeis tem a capacidade de concentrar dinheiro e com ele garantem o comando para manter a longevidade. É uma minoria entre os sete bilhões de habitantes do planeta azul, mas fazem com maestria. Os outros, os nós sem o mesmo talento, se é que podemos chamar isso de talento, melhor seria, talvez, chama-la de aptidão, se ressentem, mas incrivelmente aplaudem e anseiam por estar um dia na mesma posição. Faríamos nós a mesma coisa?
A ideia de união é fundamental para o convívio entre as pessoas, aliás, ela faz parte da nossa natureza, somos inseguros sozinhos. Desde as cavernas, nossos ancestrais, uniam-se para a caça e sobrevivência. Mas ainda hoje não aprendemos como nos unirmos mantendo o equilíbrio. Invariavelmente, depois de juntos, faccionamos, daí vem a roda viva. 
Por aqui, após quinhentos anos de história com mil e uma trapalhadas, espertalhões uniram-se aos ingênuos bem intencionados e criaram partidos políticos. Verdadeiras deformações ideológicas, a meu ver. Desses partidos nasceram os legisladores, para que estes, posteriormente, induzam pessoas comuns a elegerem eles mesmos para outras oportunidades e mais os executivos mandatários, que por sua vez, após os pleitos, juntam-se aos legisladores para confundirem os comuns que os elegem, assim formando um estado de confusão absoluta cujo nome abençoam como democracia. Roubaram a ideia dos gregos e a transformaram num porta-aviões blindado. Um verdadeiro presente de grego a troianos estupefatos por uma Helena que nem é tão gostosa assim.
Postagem encontrada no Facebook
Segue a relação das agremiações políticas no Brasil, legalizadas ou em vias de:
PDT - Partido Democrático Trabalhista
Criado em 1981, o PDT resgatou as principais bandeiras defendidas pelo ex-presidente Getúlio Vargas De tendência nacionalista e social-democrata, esse partido tem como redutos políticos os estados do Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul. Nestas regiões,  tem o apóio de uma significativa base eleitoral popular. A principal figura do PDT foi o ex-governador Leonel Brizola, falecido em 2004. O PDT defende como ideia principal o crescimento do país através do investimento na indústria nacional, portanto é contrário às privatizações.
PC do B - Partido Comunista do Brasil
Fundado em 25 de março de 1922, o Partido Comunista do Brasil foi colocado na ilegalidade na época do regime militar (1964 a 1985). Mesmo assim, políticos e partidários do PC do B entraram nas fileiras da luta armada contra os militares. O PC do B voltou a funcionar na legalidade somente em 1985, durante o governo de José Sarney. Este partido defende a implantação do socialismo no Brasil e tem como bandeiras principais a luta pela reforma agrária, distribuição de renda e igualdade social. A principal figura do partido foi o ex-deputado João Amazonas.
PR - Partido da República
Criado em 24 de outubro de 2006 com a fusão do PL (Partido Liberal) e PRONA (Partido da Reedificação da Ordem Nacional). O Partido Liberal entrou em funcionamento no ano de 1985, reunindo vários políticos da antiga ARENA e também dissidentes do PFL e do PDS. O partido tem uma proposta de governo que defende o liberalismo econômico com pouca intervenção do estado na economia. Outra importante bandeira dos integrantes do PR é a diminuição das taxas e impostos cobrados pelo governo.
DEM - Democratas - Antigo PFL (Partido da Frente Liberal)
O PFL foi registrado em 1984 e contou com a filiação de vários políticos dissidentes do PDS. Apoio e forneceu sustentação política durante os governos de José Sarney, Fernando Collor e Fernando Henrique Cardoso. Atualmente faz oposição ao governo Lula. Suas bases partidárias estão na região nordeste do Brasil, embora administre atualmente a cidade de São Paulo com o prefeito Gilberto Kassab. Em 28 de março de 2007, passou a chamar Democratas (DEM).

Os partidários defendem uma economia livre de barreiras e a redução de taxas e impostos.
PMDB - Partido do Movimento Democrático Brasileiro
Fundado em 1980, reuniu uma grande quantidade de políticos que integravam o MDB na época do governo militar. Identificado pelos eleitores como o principal representante da redemocratização do pais, no início da década de 1980, foi o vencedor em grande parte das eleições ocorridas no período pós regime militar. Chegou ao poder nacional com José Sarney, que tornou-se presidente da república após a morte de Tancredo Neves. Com o sucesso do plano cruzado, em 1986, o PMDB conseguiu eleger a grande maioria dos governadores naquelas eleições. Após o fracasso do Plano Cruzado e a morte de seu maior representante, Ulysses Guimarães, o PMDB entrou em declínio. Muitos políticos deixaram a legenda para integrar outras ou fundar novos partidos. A principal legenda fundada pelos dissidentes do PMDB foi o PSDB.
PPS - Partido Popular Socialista
Com a queda do muro de Berlim e o fim do socialismo, muitos partidos deixaram a denominação comunista ou socialista de lado. Foi o que aconteceu com o PCB que transformou-se em PPS, em 1992. Além da mudança de nomenclatura, mexeu em suas bases ideológicas, aproximando-se mais da social-democracia. Suas principais figuras políticas da atualidade são o ex-governador do Ceará Ciro Gomes e o senador Roberto Freire.
PP - Partido Progressista (ex-PPB)
Criado em 1995 da fusão do PPR (Partido Progressista Reformador) com o PP e PRP. Tem como base políticos do antigo PDS, que surgiu a partir da antiga ARENA. O PPB defende ideias amplamente baseadas no capitalismo e na economia de mercado. Seus principais representantes são o ex-governador e ex-prefeito Paulo Maluf de São Paulo e o senador Esperidião Amin de Santa Catarina.
PSDB - Partido da Social-Democracia Brasileira
O PSDB foi fundado no ano de 1988 por políticos que saíram do PMDB por discordarem dos rumos que o partido estava tomando na elaboração da constituição daquele ano. Políticos como Mario Covas, Fernando Henrique Cardoso, José Serra e Ciro Gomes defendiam o parlamentarismo e o mandato de apenas quatro anos para Sarney. De base social-democrata, defende o desenvolvimento do país com justiça social. O PSDB cresceu muito durante e após os dois mandatos na presidência de Fernando Henrique Cardoso. Atualmente, é a principal força de oposição ao governo Lula.
PSB - Partido Socialista Brasileiro
Foi criado no ano de 1947 e defende ideias do socialismo com transformações na sociedade que representam a melhoria da qualidade de vida dos cidadãos brasileiros. Principal representante político : Miguel Arraes.
PT - Partido dos Trabalhadores 
Surgiu junto com as greves e o movimento sindical no início da década de 1980, na região do ABC Paulista. Apareceu no cenário político para ser uma grande força de oposição e representante dos trabalhadores e das classes populares. De base socialista, o PT defende a reforma agrária e a justiça social. Atualmente, governa o país através do presidente Luis Inácio Lula da Silva. As principais metas do governo Lula tem sido : crescimento econômico, estabilidade econômica com o controle inflacionário e geração de empregos. 
PSTU  - Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado
Fundado em 1994 por dissidentes do PT. Os integrantes do PSTU defendem o fim do capitalismo e a implantação do socialismo no Brasil. Tem como base os antigos regimes socialistas do Leste Europeu. São favoráveis ao sistema onde os trabalhadores consigam mais poder e participação social.
PV - Partido Verde
De base ideológica ecológica, foi fundado em 1986. Os integrantes do PV lutam por uma sociedade capaz de crescer com respeito a natureza. São favoráveis ao respeito aos direitos civis, a paz, qualidade de vida e formas alternativas de gestão pública. Lutam contra as ameaças ao clima e aos ecossistemas do nosso planeta.
PTB - Partido Trabalhista Brasileiro
Fundado no ano de 1979, contou com a participação de Ivete Vargas, filha do ex-presidente Getúlio Vargas. No seu início, pregava a volta dos ideais nacionalistas defendidos por Getúlio Vargas. Atualmente é uma legenda com pouca força política e defende ideias identificadas com o liberalismo.
PCB - Partido Comunista Brasileiro
Fundado na cidade de Niteroi em 25 de março de 1922. Defende o comunismo, baseado nas ideias de Marx e Engels, e tem como símbolo a foice e o martelo cruzados. As cores do partido são o vermelho e o amarelo. É um partido de esquerda, contrário ao sistema capitalista e ao neoliberalismo, defendendo a luta de classes. É também conhecido como "Partidão".
PSOL - Partido Socialismo e Liberdade
Fundado em 6 de junho de 2004, defende o socialismo como forma de governo. Foi criado por dissidentes do PT (Partido dos Trabalhadores). É um partido de esquerda, contrário ao sistema capitalista e ao neoliberalismo. Tem como cor oficial o vermelho e como símbolo um Sol. 
PRTB - Partido Renovador Trabalhista Brasileiro - obteve registro definitivo em 18 de fevereiro de 1997.
PSD Partido Social Democrático - fundado, por políticos dissidentes do Partido Progressista e Democratas, em 21 de março de 2011.
PT do B - Partido Trabalhista do Brasil - obteve o registro definitivo em 11 de outubro de 1994.
PTN - Partido Trabalhista Nacional - refundado em 1995.
PTC - Partido Trabalhista Cristão - obteve registro definitivo em 22 de fevereito de 1990.
PSL - Partido Social Liberal - obteve registro definitivo em 2 de junho de 1998. 
PSC - Partido Social Cristão - obteve o registro definitivo em 29 de março de 1990.
PSDC - Partido Social Democrata Cristão - obteve registro definitivo no TSE em 5 de agosto de 1997.
PMN - Partido da Mobilização Nacional - fundado em 1984.
PCO - Partido da Causa Operária - teve sua criação aprovada pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) em 30 de setembro de 1997.
PRP - Partido Republicano Progressista -obtenção do registro definitivo em 22 de novembro de 1991.
PHS - Partido Humanista da Solidariedade - fundado em 20 de março de 1997.
PRB - Partido Republicano Brasileiro -  fundado em 25 de agosto de 2005.
PPL - Partido Pátria Livre - teve sua criação aprovada pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) em 4 de outubro de 2011.
PEN - Partido Ecológico Nacional - teve sua criação aprovada pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) em 19 de junho de 2012. 

Em processo de legalização:

PSPB - Partido dos Servidores Públicos e dos Trabalhadores da iniciativa privada do Brasil
ARENA - Aliança Renovadora Nacional
PCI - Partido da Construção Imperial
PF - Partido Federalista
PH - Partido Humanista do Brasil
PMPB - Partido Monárquico Parlamentarista Brasileiro
PMMB - Partido do Movimento Monarquista Brasileiro
PND - Partido da Real Democracia
PIRATA - Partido  Pirata do Brasil
PRD - Partido da Real Democracia
UDN - União Democrática Nacional

Extraídos dos sites: suapesquisa.com e wikipedia.org


Postar um comentário