31/03/2012

Ordem sem progresso

Dias normais. 

Politicagens, impostos altos, malidicência e enganação.
Dias de chuva, o gosto azedo, perfume forte e ilusão.
Breves mentiras, miragens tortas, falso brilhante e excitação.
Na Big City, morte no asfalto, o Big Brother e mutilação.


Um dia de paz. Aproveito para ficar em pé!









Esqueço tudo no mato. Há ordem e paz. Sem progresso.



Postar um comentário