19/02/2012

Carnaval

O dia vai ser longo. Na verdade começou às seis e meia de hoje e vai terminar somente amanhã quando voltar do Sambódromo. Depois de dois anos volto a participar de uma transmissão de carnaval. Não é fácil, das nove da noite até às sete da manhã, ao vivo é de arrepiar. Sem contar a montagem da estrutura que faremos a partir das dez da manhã. Tudo corrido.
Site - Tudo sobre TV
É muita tensão, muita cobrança e uma tremenda responsabilidade. Fica todo mundo ansioso.
Faremos a cobertura do desfile do grupo de acesso e na sexta que vem o desfile das campeãs.
Meu amigo, para quem nunca fez, acreditem - é difícil.
A mistura da alegria de quem está lá por divertimento com a nossa que é nervosa, dá uma combinação alucinada. Ao som das baterias ensurdecedoras, dos sambas enredos, dos carros alegóricos e de tanta confusão, manter a serenidade é coisa de doido.
Acho engraçado o nome que deram para a área de espera das escolas de samba - Concentração. Pode ser qualquer coisa, mas nada é concentrado, melhor seria chama-la de Aglomeração. Por mais que os organizadores tentem manter alguma ordem, a coisa em si, por natureza é desorganizada. Tumultuada mesmo.
Espero que não chova, fica um pouco melhor sem chuva. Os maus-contatos diminuem e menos choques elétricos.
Espero também que amanhã retorne para casa feliz. Feliz por voltar e feliz por ter dado tudo certo. Vai dar.

Amanhã eu conto como foi, com mais detalhes.

Abraços. 

Postar um comentário